Home Alone House Floor Plan

favico

Model

I just don’t know how I could begin to explain my love for this house, this movie and the impact they had on my childhood dream of living in a place where Christmas had that vibe.

I am completely in love, not because it’s a fancy house, but because there’s this  feeling in the air that is transmitted to us viewers as we watch “Home Alone”. It’s a perfect scenery that is real-life magic!

After watching it, 8 year-old-me was determined to leave her tropical country and move to a place where there’d be snow.

Researching the cover, I found it interesting to see that the title of the film in French is “Mama, I missed the plane” – which works for parts 1 and 2 of the movie. Oh, well,  who cares?

But my focus here is the house, always!

So many things have been said, written and explored in those 27 years since the movie was released, therefore it took me a long time to approach this house in a way that was interesting to me and kinda new and original. So, I made this:

Model

The first thing I did was draw the facade! For those interested in the process or if you want to paint your own facade, you can download the outlines here, ’cause I’m not selfish.

I was pretty happy with my little house until I discovered that there were real professionals who had made a really cool poster and my drawing became a big piece of s%#@. See for yourself:

That right there is the difference between being paid to spend all day doing something and drawing things within several 10-minute intervals while sitting in the bathroom waiting for your 3-year-old daughters to do what they have to do after you’ve worked 8 hours in a cubicle. Cubicles are Satan’s creation.

Too much info?

Anyway…

You can see that Kevin got most of the blueprint right when he draw his little plan in the movie!

Since it’s a Christmas movie, every-single-thing in it is green and red to the extreme! Including the clothing of the extras, the packages that people carry and just basically  EVERYTHING – starting with the red-brick facade with dark green windows and white frames!

Note that as there are many windows, the unity of the curtains becomes very important. Imagine that carnival it would be to look at these windows combined if they had different colors and patterns! This happens a lot in the houses I observe walking down the street. It works from the inside, but the external visual effect is not the best! (I do LOVE it in the inside though, so maybe double curtains?)

The walls of the house have a slightly saturated green walls with dark red carpets in the hallway.

The flowers also accentuate the Christmasy combination!

Here are the screen caps I used for my drawings:

Photo 1: The corridor.

Photo 2: The stairs to the attic.

Photo 3: The upstairs bathtoom.

I did say that the house was very green and red, right?

Photo 4: The main mezzanine

Photo 5: The main corridor

Photo 6 – The hall

Photo 7: The ladder – We see other colors, but notice how even the clothes of the characters and the suitcase are always in shades of green + red + neutral. The picture on the wall manages to have the frame and the art with these colors too! It’s an extremely thorough job! it’s like these set designers are pros or something.

Photo 8: The Piano Room

Photo 9: The living room

Photo 10: The dining room

LOOK !!! Wallpaper! I LOVE WALLPAPER!

Photo 11: The view from the living room into the dining room

Photo 12: The basement

Photos 13 to 17 – The kitchen:

Photos 18 to 23 – The master bedroom: Note that since the wallpaper and the curtains are VERY heady and the furniture very elaborate, they have chosen to keep the bedding and carpets flat to balance a little. But yes, it clearly remains exaggerated – which worked perfectly for the movie.

Plaid pajamas ❤

Photos 24 and 25 – Buzz’s Room:

Photo 26 – The attic:

Photo 27 – The view of the Hall

Photos 28 and 29 – Close of the carpets and wallpaper in the living room

The exact location of the house (which was deleted from google maps probably to maintain privacy) is this here:

https://www.google.com/maps/place/…

Even the houses around it are hard to recognize because of Google’s censorship!

I fully understand that the house is a private property … but whoever buys the “Home Alone” house – which was recently sold – should be able to figure that some touristic action would exist, right?

As soon as I win the lottery, I’ll buy this house,  and open it for exhibition, okay?

That is a promise!

 

A casa de Esqueceram de mim ( Home Alone )

Eu jamais saberia por onde começar a falar sobre essa casa, esse filme e o impacto que eles tiveram sobre o meu sonho de infância de morar em um lugar onde o Natal tivesse essa cara.

Eu sou completamente apaixonada, não pela casa milionária, mas pela sensação que é transmitida enquanto eu assisto esqueceram de mim. Ver a neve cair no Natal e reunir a família ao redor das luzes que piscam, pra mim é a mágica da vida real.

E agora, finalmente, é Natal! E Natal pede o Kevin (Macaulay Culkin) -desde 1990!

Pesquisando a capa, eu achei interessante ver que o título do filme em francês é “Mamãe, eu perdi o avião” – o que funciona para os dois filmes bem certinho!

Mas o meu foco aqui é a casa, sempre! A casa de “Esqueceram de mim” (título original: “Home Alone”) é a minha preferida da história do cinema! E tantas coisas já foram ditas, escritas e exploradas nesses 27 anos desde o lançamento do filme, em 1990, que eu demorei muito tempo pra conseguir abordar essa casa da maneira que fosse interessante pra mim!

Por isso, pra esse post – que eu passei uns 3 anos ensaiando – eu fiz coisas especiais e eu acredito que eu vá dividí-lo em 2 partes. Talvez em 10!

A primeira coisa que eu fiz, foi desenhar a fachada! Poder clicar na foto pra baixar a versão ampliada!

Pra quem se interessa pelo processo e quiser pintar sua própria fachada, pode baixar o PDF aqui!

Eu estava bem contente com a minha casinha, até descobrir que existem profissionais de verdade que tinham feito um poster muito legal e o meu desenho passou a ser uma grande cacaca. Observem:

Essa é a diferença entre ser pago pra passar o dia inteiro fazendo algo e desenhar em vários intervalos de 10 minutos, sentada no banheiro, enquanto tu espera as tuas filhas de 3 anos fazerem o que elas têm que fazer depois de ter trabalhado 8 horas!

Informação demais?

Bom, mas o importante é que eu não desanimei e eu gostei bastante da minha versão também! Apesar da pobreza de detalhes! =/

Então… eu não teria conseguido desenhar a fachada se eu não tivesse desenhado as plantas, né? No post seguinte, essa planta vai ser repetida, mas com mais informações!

Aqui, a versão “limpa” da planta-baixa. E, sim! A fachada encaixa perfeitamente na planta.

Dá pra ver que o Kevin acertou bem quando ele desenhou a plantinha no filme!

Como é um filme de Natal, TU-DO nele é verde e vermelho ao extremo! Incluindo a roupa dos figurantes, os pacotes que as pessoas carregam, realmente TUDO – começando pela fachada de tijolos avermelhados com esquadrias verde-escuras e brancas!

Reparem que como há muitas janelas, a unidade das cortinas se torna muito importante. Imagina que carnaval seria olhar pra cada uma dessas janelas e encontrar cores e estampas diferentes! Isso acontece muito nas casas que eu observo andando pela rua. Funciona do lado de dentro, mas o efeito visual externo não é dos melhores!

As paredes da casa trazem um verde um pouco saturado com tapetes vermelhos escuros e lisos no corredor.

As flores também acentuam a combinação Natalina!

Foto 1: O corredor.

Foto 2: A escada para o sótão. 

Foto 3: O banheiro de cima.

Eu falei que a casa era muito verde e vemelha, já?

Foto 4: O mezanino principal

Foto 5: O corredor principal

Foto 6 – O hall

Foto 7 : A escada – A gente enxerga outras cores, mas reparem como até a roupa dos personagens e a mala estão sempre em tons de verde + vermelho + neutro. O quadro na parede consegue ter a moldura e a arte com essas cores também! É um trabalho extremamente minucioso!

Foto 8: A sala do piano

Foto 9: A sala de estar

Foto 10:  A sala de jantar

OLHA!!! Um papel de parede! Esse, com certeza eu usaria de verdade na minha!

Foto 11: A vista da sala de estar para a sala de jantar

Foto 12: O porão

Fotos 13 a 17 – A cozinha:

Fotos 18 a 23 – O quarto principal: Reparem que como o papel de parede e as cortinas são MUITO estampados e os móveis muito rebuscados, eles optaram por manter as roupas de cama e tapetes lisos pra equilibrar um pouco. Mas sim, claramente continua exagerado – o que funcionou perfeitamente pro filme.

Fotos 24 e 25 – O quarto do Buzz:

 

Foto 26 – O sótão: 

 

Foto 27 – A vista para o Hall

Fotos 28 e 29 – Close dos tapetes e papel de parede na sala de estar

 

A localização exata da casa (que foi apagada do google maps provavelmente pra manter a privacidade) é essa aqui:

https://www.google.com/maps/place/671+Lincoln+Ave,+Winnetka,+IL+60093,+USA/@42.1096617,-87.7346673,282m/data=!3m1!1e3!4m5!3m4!1s0x880fc4f69986bd23:0x4de87dfec1eff90a!8m2!3d42.1097278!4d-87.7336614

Até as casas da volta ficam difíceis de reconhecer devido à censura do Google!

Eu entendo perfeitamente que a casa seja uma propriedade privada… mas quem compra a casa de “Esqueceram de mim” – que foi vendida há pouco tempo – já deveria mais ou menos calcular que o turismo existiria, né?

Assim que eu ganhar na loteria, compro essa casa, deixo ela inteira igual ao filme e abro pra exposição, tá?

Mentira. Vou precisar morar nela quando eu comprar….

Esse post continuará na Parte 2.

FINALMENTE É NATAL!

Beijos, beijos!